quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Para maximizar a tirinha acima, é só clicar!



A humanidade possui uma série de esquisitices, mas a que mais se destaca é a mania de se referir aos outros seres de sua espécie por nomes de animais.
Em momentos de alegria, chamam uns aos outros de gatinho, borboletinha, ursinho, periquitinha e por aí vai. Na hora da raiva não é muito diferente, apenas mudam os adjetivos para vaca, cavalo, piranha, porco, anta, burro, cachorro, cadela, entre outros.
Não tenho certeza sobre o posicionamento do restante da fauna local em relação ao assunto, mas confesso que isso me aborrece extremamente. Não vejo grandes motivos para chamar um cidadão de cachorro, pois até o presente momento, não testemunhei humanos latindo, apanhando o jornal com os dentes e nem bebendo água nos vasos sanitários.
Certamente, há pequenas semelhanças entre homem e cão: ambos babam quando observam uma fêmea, rosnam quando outro macho se aproxima do seu território de maneira ameaçadora, sem falar que tanto um quanto o outro urinam nos postes, mas ainda assim, apenas um deles é o mastim.
Meu dono, por exemplo, é chamado, injustamente, de cachorro pelas mulheres.
Segundo elas, o dito-cujo não assume compromisso firme com ninguém e é um tremendo irresponsável. Marca algo com as moças e nunca chega no horário, paquera outras fêmeas mesmo com a namorada do lado (a essa altura, você deve estar pensando que meu proprietário é um galinha, certo?). Sejamos francos: já viu um totó ou qualquer outro bicho fazer coisas assim? Nem eu!
Apesar de todos os argumentos femininos, isso não incorpora o camarada ao gênero Canis. Ele está mais para o lado do Homo (não esse Homo cheio de firulas que você está pensando), um Homo Sapiens. Entretanto, quando ele traz alguma mulher para casa, transforma-se num legítimo Homo Erectus! Mas nem vou entrar em detalhes, pois este já é assunto para outra postagem.
Vamos pensar de forma lógica e fazer a seguinte reflexão: se elas o consideram um cachorro, as companheiras dele não seriam cadelas?!
Antes que pensem que sou um cão machista, afirmo que não tem nada a ver.
Quero mostrar apenas que ninguém é obrigado a aceitar o mau comportamento do outro. Ao invés de xingá-lo, seria melhor dar um 'chega para lá' na persona non grata como muitos fazem com os animais sarnentos e o problema estaria solucionado. Porém, elas correrem atrás como se estivessem no Cio e depois dizem que eu sou o irracional...
Quem deseja o respeito, deve se fazer merecedor, ou seja, FÊMEAS não se comportem como cadelas para evitar que sejam tratadas como tal. MACHOS, por favor, parem de achar bonito o fato de serem chamados de cachorros, deixem isso para mim.
PS.: O cão trata sua mina como uma verdadeira dama. Além do mais, ele sempre liga no dia seguinte.

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape

Creative Commons License
O homem cachorro e a mulher cadela by Nat Valarini is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.
Based on a work at ocaoinfiel.blogspot.com.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://garotapendurada.blogspot.com/.

46 comentários:

Mayna disse...

Adorei a tirinha!

Super inteligente!

O que diz é pura verdade. Sempre gostamos dos homens mais cachorros...rs

http://maynabuco.blogspot.com

Levi Ventura disse...

Fico feliz que tenha gostado do meu blog e do meu texto, também gostei de seu blog e suas tirinhas inteligentes.
Gostaria de te propor uma parceria de blogs, se tiver interesse passa lá em meu blog e deixa resposta.
Quando ela me devolver o texto posso se quiser vir aqui te informar quando postar.

maicon>>>u<< disse...

AuAuAu Auuuuuuuuuuuuu

rs
É mesmo os animais devem ficar ofendidos com as comparações..hehe

Download sem limites!
http://nationanimes.blogspot.com

mateusbonez disse...

RAxante OKSAOKASOSAKOSAk, mto bom :D

http://tiomah.blogspot.com/

Levi Ventura disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Extremamente criativo.
Como já disse gostei muito de seu blog.
PArabéns ai!

Confissoes de uma Adolescente ;D disse...

HASHUASHUSAUH
por isso que eu nao chamo de cachorro
chamo de crapulas mesmo!
adoro meu cachorro!

Leh disse...

HUAhUAHUHauhUAhUAhUHaUHaahU

Melhor de hoje! HAUUAUAhUAHUAhuah

Criatividade 10!!!! Adorei o texto e a tirinha! Tbm não entendo...
Qd uma mulher me xama de cachorro, eu fiko pensando mas pk? o q o cachorro faz?! UHAuHAuHahuahUh

=D

www.metobronca.blogspot.com

Lara disse...

HUAHUAHAUHAUHAUHAUAH ! ameeeei o blog, adoreeei a tirinha, muito legal mesmo !
obrigada por ter passado no meu blog ! beijinhos :*

carlos daniel disse...

É os tempos mudaram e, agora alguns representante de nossa espécie só falta latir...


http://hdebarbamalfeita.blogspot.com/

Fogo disse...

Adorei o seu blog.

Obrigado pelas palavras gentis que deixou no meu.

Beijo.

Fogo de Letras

Anônimo disse...

hauhuauhahuahuuhauhahuahu
muito 10

30 e poucos anos. disse...

Nunca fui chamado de chachorro ... !!! sorte ou azar ?

A tirinha ficou ótima...rsrsrsrsrsrs

Jaquielio disse...

A tira está muito boa.Tenho uma miaga que só me chama de cachorro.Eu adoro!!!!!

Luciano Ferreira disse...

Então Nat, tal como reza a Teoria do Caos, pequenos eventos isolados podem se ajuntar e promover mudanças radicais.

Não é à tôa que muitas pessoas ainda resistem a ter calma e imaginação para impetreparem Artes, pois de certo modo, essa reação interativa é também algo invasivo, especialmente no tocante ao gosto pessoal e à definição do escopo midiático.

Pois eu já acho fascinante jogar com a imaginação alheia, quem poderia realmente dizer que um cachorro não nutre sentimentos possessivos com pessoas próximas do seu dono?

De fato, isso dá uma HQ nelsonrodriguiana !

Valeu !

Niestévisky disse...

Palavras... ou melhor, latidos sábios. Muito bom, adorei. Gostei tanto que até vou mostrar o texto para o meu cachorro.

HoneyBee disse...

Mais vale um Cão-amigo que um Namorado-Cachorro.

Chimia Man disse...

Geralmente essa é a realidade mesmo! Mas sem generalizar né! Eu sou uma exceção! auheuahe

amandaedalete disse...

kkkkkkkkkkkkkk eu adorei, você escreve muito bem!
já pensou em trabalhar para uma editora?

Danile Nápoli disse...

Parabéns pelo seu blog!
Vc tem um estilo de texto muito bacana, pois nele você passa o recado que você quer passar e ainda por cima com bom humor!
Essa sua crõnica do homem cachorro e mulher cadela, resume bem isso!

Continue assim e muito obrigado por visitar o meu blog sobre Fórmula 1!

Fica com Deus!
Bjs!!!

Alcione Torres disse...

O cachorrinho tem razão. Mas como tem mulher que gosta de cara safado e que aceita as traições deles!

http://sarapateldecoruja.blogspot.com/

Ronaldinho disse...

mas é assim mesmo, os homens (burros) agem de má fé com as mulheres e mesmo assim elas os querem.

Eu não entendo isso, mas é uma coisa que denominaram AMOR, e ai cada um entende de um jeito...
Bjs
Ronaldo
http://ronaldinho75.blogspot.com/

Fogo disse...

Quando escreve o próximo post?

Beijo

http://fogodeletras.blogspot.com/

Uriel Gonçalves disse...

AUHSHAUSHUAHUSAHUS
é tu que desenha as tiras? :P
muuito legal, tu escreve como o cachorro e eu demorei a notar :]

ficou muito legal, criatividade dez :D
agora tu tbm tem um pseudonimo? ;P

então sr cão, quem sabe escrever sobre o racismo, já que vocês são de várias raças e não discriminam vira-latas ;]

:*

Luciano Freitas disse...

Adoreeeeeeeeeeei isso aqui!
Putz, há muito não via um blog que me identificasse tanto! Muito bom!
Quanto ao livro do Nelson Rodrigues, esse eu já devorei! É ótimo!!!!

Passa lá no meu!

Luciano Freitas disse...

ops.. o meu: www.muitosemum.blogspot.com

RodrigO [OsBunitãO] disse...

Realmente é assim mesmo...
Homem é bicho cachorro, não pode ver uma cadelinha que já se empolga...
Mas quem alimenta isso são as próprias cachorras, se o cachorro não vale nada, vai procurar um que valha!
Eu sou um cara simpático, trabalhador e a mulherada não dá valor, só querem maconheiro que anda de moto! kkkkkkkk
Então não reclamem depois!

Rodrigo Yoshizumi disse...

heuahaeuhe!
concordo com vc... pq usar animais para ofensas?
o.o

Nos Canos disse...

fudido para caralho!!!nota 9.9 fui...

Luis Filipe disse...

Putz, não é que tem razão.......
muito bom seu blog

Júlio Oliveira disse...

kkkkkkkk

Blog bem Bolado...
Adorei.

Sucesso.

http://juliooliveira89.blogspot.com/

Diego disse...

ELAS GOSTAM É DOS CANALHAS (cachorros) fato!

DANIEL BP disse...

Muito bom,cara!Meus parabens.

Daniel Nápoli disse...

Muito obrigado pela força Natália!
Eu já relacionei o seu blog com o meu tbm, blz?
Boa noite!
Tdb!
Bjs!!!

Henrique Jordão disse...

Hahaha! Adorei seu blog! ;)
Obrigado pelo comentario no meu..

___________________
Essa tirinha mostra que é bom ser homem!!! 8D

______________________________
www.desconcertando.flopis.com

Felipe disse...

Nunca parei pra pensar que animais são seres incompreendidos!

www.centralldamusica.blogspot.com
Buscando parcerias!

vinicius gomes disse...

parabens pelo blog
e obrigado pela visita
espero encontra-lo mais vezes no meu blog
procuro parcerias...
abraço e boa sorte
volte em breve

O Profeta disse...

Esta carícia de fresca brisa
Transporta a beleza de Oriente
Uma voz doce cede ao silêncio
Esta aurora acorda finalmente

A sombra perdeu-se na luz
Escuto o pranto e o riso na bruma
Palavras fugindo ao sentido
Lembranças perdidas na espuma


Boa semana


Mágico beijo

Thiago Assis disse...

Adorei o narrador *_* virei fã dele.
=]

E eu tenho uma nova pra ti,
quando eu pertubo demais algumas amigas elas riem e me falam:
"seu égua" Oo
não me pergunte o motivo...
=]

Thiago Assis,
www.thiagogaru.blogspot.com

André disse...

original...bem transado...quero ver segurar o tranco. abraços
www.blogdaincerteza.blogspot.com

Gabriela Galvão disse...

Pior cãozinho, ela pode gostar dele por isso!!!


Mt boas,as tirinhas!

Cristina Santos disse...

Nada como a observação de um cão para com outro cão!
Maravilhoso o texto!

Dinah Cardozo disse...

Oi.. tô passando rapidinho só pra dizer que vc ganhou um selo lá no meu blog. Vai lá conferir

insoniaparilhada.blogspot.com

Até mais.

diego disse...

Achei genial seu blog. Gostei bastante da forma que articula essa coisa do dito 'animalesco' e do que é 'ser humano'.


E as tirinhas também são sensacionais. Com um humor muito certeiro.

Robert Berbert disse...

É o grande mal de algumas mulheres, ótimo texto.

Priscila Grah disse...

Tu escreves muuuito bem. Meus parabéns, de verdade!

KaXorRo! disse...

KKKKK se não fosse por "cachorradas", a humanidade não existiria.Passou da hora de cair na real, donzela...

Postar um comentário